sexta-feira, 31 de julho de 2015

O misticismo-esotérico Afro-Shumer caminha na Luz do Saber Budista

                    
Somos filhos da Luz, vivemos da Luz e caminhamos com a Luz. Se quiser tornar uma alma iluminada e viver num Paraíso terrestre precisamos eliminar as energias nocivas, despertar para a verdade interior, inovar, ser generoso e caridoso.
As pessoas devem deixar despertar o seu eu, sair da prisão e da opressão. Esse despertar nasce numa consciência racional. Trabalhar e disciplinar a menta deve ser um processo contínuo daqueles que buscam uma liberdade plena.
Nós somos construtores da felicidade e dos infortúnios. Podemos construir o nosso Paraíso ou construir um inferno. Tudo depende da atitude e das ações do dia a dia.
O mantra¹ e a meditação levá-nos para um mundo dos deuses e podemos descobrir a nossa essência. A meditação é um dos caminhos que leva para a transmutação. Esse elo  com os deuses nos conduz no caminho da Luz.
A nossa vida no planeta Terra é temporária e nesse curto período temos que expandir a nossa consciência, construir o Paraíso e ser feliz.
Qualquer indivíduo independente do seu credo religioso pode buscar a pureza da mente, a sua essência divina, viver em harmonia com os universos e compreender o mundo.
O Mestre Buda² esteve presente em várias partes do mundo em tempos e nomes diferentes com objetivo de conduzir os seres humanos para o caminho de Luz e alcançar a nirvana.

Gudea, o buda de Lagash - sec. XXII a.C


--------------------------------

1-  Mantra são palavras poderosas que contribuiem na aprendizagem de reeducar e disciplinar a mente, libertar dos antigos hábitos, cura o corpo e o espírito, desperta o lado do prazer, devolve a felicidade e a alegria.

2- Líderes religiosos que viveram em uma época em particular, mas toda uma categoria de seres iluminados que alcançaram tal realização espiritual tornaram mestre espiritual.


Gudea de Lagash  https://youtu.be/M20q0ugWAQk

Autora: Rainna Tammy